Intercâmbio high school: saiba como escolher o país ideal

Intercâmbio high school: saiba como escolher o país ideal

agosto 17, 2018 0 Por Efígie Projetos Educacionais, Viagens e Turismo Ltda

Fazer um intercâmbio high school é o desejo de muitos jovens e trata-se de um projeto de experiência internacional em que o estudante cursa parte do ensino médio no exterior. Nesse tempo, eles terão aulas das disciplinas e do idioma local por um período de 1 a 2 semestres.

Além de envolver um planejamento eficaz e organização financeira, é preciso avaliar o país mais adequado para o intercambista, para que essa chance seja vivenciada conforme o esperado.

Há diversos fatores que influenciam nessa decisão, e todos devem ser considerados. Pensando nisso, vamos mostrar para você os principais pontos a serem observados. Confira!

Quais são os países mais procurados?

Alguns países são mais procurados pelos estudantes. Veja, a seguir, os motivos dessa preferência.

Austrália

É um país constituído de um belíssimo litoral, possibilitando atividades variadas ao ar livre, como cursos relativos à biologia marinha, surf etc. Além disso, os australianos são alegres, facilitando essa experiência de morar fora para os brasileiros.

O tempo de adaptação pode ser superado mais rápido ao optar por uma acomodação em uma residência de família. Afinal, com o auxílio de pessoas acolhedoras, colegas da escola e variadas atividades extracurriculares, o intercambista aproveitará muito.

Canadá

É um país muito seguro e referência mundial no que tange à qualidade de vida, acessibilidade, igualdade de direitos, entre outros. O Canadá é multicultural, oferecendo aos visitantes chances de aprender várias línguas, já que, em alguns estados, fala-se inglês, em outros, Francês.

O país tem um estilo de vida saudável, em contato com a natureza e excelentes instituições de ensino. Se o estudante quer ter uma experiência completa, hospedar-se em casas de família canadense é uma boa ideia.

Estados Unidos

O ensino médio nos Estados Unidos, geralmente, é cursado em escolas públicas muito boas. Além disso, a maneira de aprendizado é multidisciplinar e focada na prática. Esses são fortes atributos da população americana, que visa ao máximo de aplicação dos conhecimentos adquiridos em sala na vida fora da escola.

Algumas provas, como o SAT, espécie de ENEM, porém americano, avaliam se o aluno tem um pensamento crítico e diversificado para enfrentar os estudos universitários no país.

O que levar em consideração para fazer a escolha ideal?

Para que o intercâmbio high school saia conforme o planejado, alguns quesitos devem ser considerados. Confira!

  • idioma: geralmente, é um dos pontos mais decisivos na hora de escolher para qual país ir. Por exemplo, se você deseja falar inglês, elimine todos os países que não falam essa língua;
  • clima: deve ser avaliada a capacidade de adaptação a invernos rigorosos e a baixas temperaturas ou a preferência por lugares com clima mais ameno e parecido com o do Brasil;
  • cultura: se você deseja reservar dinheiro e disposição para conhecer outros países e culturas no tempo de intercâmbio, o destino ideal pode ser aquele com países próximos e vizinhos, possibilitando visitas breves ou passeios curtos;
  • objetivo: é fundamental ter em mente o objetivo principal do intercâmbio. Pode ser cursar um ensino médio nos moldes daquele país, dar continuidade aos estudos da faculdade, realizar uma pós-graduação etc. Veja quais escolas poderão auxiliá-lo a atingir essas metas e onde estão localizadas.

Qual o momento certo para fazer esse tipo de intercâmbio?

O intercâmbio high school é voltado para os estudantes de 14 a 18 anos, que estejam cursando o ensino médio e desejem passar 1 ou 2 semestres estudando em outro país.

Existem particularidades em alguns locais, por exemplo, no Canadá, em que o estudante precisa ter cursado, pelo menos, 1 ou 2 anos no ensino médio em seu país de origem e só será aceito mediante avaliação da escola canadense.

As notas do aluno aqui no Brasil são muito importantes, tendo em vista que todas as instituições internacionais avaliam o histórico escolar do intercambista antes de aceitá-lo, então, o empenho nos estudos é essencial.

Ao pensar em oferecer um intercâmbio high school para seus filhos, é preciso buscar o auxílio de uma agência especializada. Após expor o que busca, você receberá orientações adequadas e uma apresentação de opções de destinos e orçamentos que mais se enquadrem ao perfil.

Quer planejar um intercâmbio inesquecível? Então, entre em contato conosco e veja como podemos ajudar!