Intercâmbio particular: como é possível fazer agora?

Intercâmbio particular: como é possível fazer agora?

março 25, 2019 0 Por Efígie Projetos Educacionais, Viagens e Turismo Ltda

O grande sonho de diversos estudantes é fazer um curso fora do país. No entanto, com o fim do Ciências sem Fronteiras (CsF), a dúvida de muitos é se é possível fazer um intercâmbio por conta própria.

O CsF facilitava muito essa viagem para estudos, oferecendo bolsas em faculdades renomadas fora do país. Porém, mesmo com o fim do programa, você pode, sim, concretizar esse objetivo, por meio do intercâmbio particular. Ficou interessado no assunto? Então continue a leitura!

Como funcionava o Ciências sem Fronteiras?

Criado em 2011, o programa CsF tinha como finalidade beneficiar estudantes, para melhorar a qualidade da educação e facilitar a troca de conhecimento entre diferentes países.

Para isso, eram oferecidas bolsas integrais, possibilitando que os beneficiados morassem fora do país para estudar em universidades de ponta. 

Por que o programa acabou?

O Ciências sem Fronteiras não funcionou devido a problemas de administração. O programa foi mal planejado financeiramente, levando a uma enorme crise e, por consequência, seu encerramento.

Os números divulgados apontam que cada aluno custava cerca de 100 mil reais ao ano, sendo que, esse valor, fornece comida para toda a educação pública do país, pelo mesmo período. 

Com o fim do CsF o que acontece com os intercâmbios?

O intercâmbio continua sendo algo extremamente benéfico para os estudantes. Porém, com o fim do programa esse tipo de viagem teve uma grande redução devido à dificuldade de sua realização sem as bolsas.

No entanto, vale ressaltar que há outras alternativas para fazê-lo, como trabalhar enquanto realiza o intercâmbio.

Como fazer um intercâmbio particular?

Para fazer esse tipo de viagem é necessário tomar alguns cuidados. A seguir, vamos apresentar algumas dicas! 

Pesquise bem o seu destino

Há diversos lugares interessantes pelo mundo! Portanto, pesquise diferentes países onde seja possível fazer um intercâmbio, de acordo com suas necessidades e preferências. 

Lembre-se de que, em alguns locais, há costumes e até leis muito distintas das nossas. Dessa forma, é importante tomar cuidado e estudar os detalhes da região para que você não tenha arrependimentos ou problemas posteriores. 

Escolha um programa de intercâmbio

Pesquise também por programas de intercâmbio e analise quais deles tem as melhores vantagens. Não se esqueça de consultar se o serviço tem parceria com alguma escola de idiomas.

Não esqueça da documentação

A documentação é uma das partes mais importantes, já que não é possível entrar regularmente em um país sem a papelada obrigatória. Por isso, consulte e separe os documentos necessários com antecedência.

Decida onde morar

Há diversos tipos de moradia, e o ideal é decidir antes qual a sua preferência. O “homestay”, por exemplo, é a opção para quem pretende morar em casa de família,   sendo bastante comum.. 

Além disso, é necessário também pesquisar os preços, localização, a distância até a faculdade onde você estudará e, até mesmo, o turismo local. 

Por fim, vale destacar a importância de escolher uma empresa especializada que seja de qualidade e bem conceituada no mercado, para fazer o intercâmbio particular com segurança. Assim, você estará preparado para conhecer novas culturas, línguas e costumes, e voltar para o Brasil com muito mais conhecimento e experiência!

Aproveite e conheça o nosso site e descubra as melhores opções para você fazer o seu intercâmbio particular!